I Congresso – Foz do Iguaçu

P1300429

“Refletir sobre a população idosa na atualidade”. Esse é um dos objetivos principais do Congresso Internacional da Abrunati, (Associação Brasileira das Universidades Abertas da Terceira Idade (Abrunati), é o que conta o presidente da entidade, professor Antonio Carlos Nantes, sobre o evento realizado pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Campus de Foz do Iguaçu.
O Congresso, que agrega o XIII Fórum Nacional de Coordenadores de Projetos da Terceira Idade de Instituições de Ensino Superior e do XII Encontro Nacional de Estudantes da Terceira Idade de Instituições de Ensino Superior, está sendo sediado Hotel Golden Tulip Internacional, em Foz do Iguaçu, até hoje (02.10), no qual se pretende, segundo Nantes, “vislumbrar os problemas e possíveis soluções para uma população crescente de um País que está rapidamente envelhecendo”.
Nesta edição, foram realizadas aproximadamente 1.050 inscrições, com a participação de 15 Estados Brasileiros. Além disso, com caráter científico e social, foram aprovados mais de 80 trabalhos que estão sendo apresentados nesses quatro dias de eventos, concomitantes às palestras nacionais e internacionais, sessões interativas e apresentações culturais de diversos estados, além de celebrar o Dia Internacional do Idoso, comemorado nesta terça-feira (1.10).
Nas discussões, os temas são variados, abordando desde “ações afirmativas das políticas públicas da pessoa idosa”, pela ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, “educação financeira”, pelo consultor da Itaipu Binacional, Altemir Farinhas, Inclusão da Geriatria e Gerontologia nas Instituições de Ensino Superior, por Cristina Ribeiro, da Longevitá, relatos e experiências vividos por estudantes das Unatism, entre outras.
Para encerrar o evento, que tem como parceiros a Itaipu Binacional, o Parque Tecnológico da Itaipu – PTI, a Fundação Araucária, o Governo do Estado do Paraná e a organização responsável da Abrunati, o Sesc desenvolverá na manhã desta quarta-feira (2), atividades interativas e à tarde será livre para os idosos com passeios pelos pontos turísticos de Foz do Iguaçu.

Fonte: http://cac-php.unioeste.br/cnu/node/1565